quarta-feira, 29 de junho de 2011

Humor


Quem aqui acha que existe mesmo o humor politicamente correto? E até que ponto o correto vai para começar o incorreto? Em tempos de que tudo é bullying, os humoristas atuais são criminosos? Eu acho que tudo depende do ponto de vista, eu posso gostar demais de uma piada e um grupo determinado não achar nada engraçado por atingir  príncipios do grupo.
Mas acho que a revolta com humor é a coisa mais idiota do mundo, porque sem levar para os trocadilhos o humor não é pra ser levado à sério e não é porque um humorista fala tal coisa de um coisa que você é ou gosta que seja verdade, o papel do humorista é ser cômico e enquanto os humoristas conseguirem se valer dessa ferramenta é ótimo, pessoas vão rir, outras vão se revoltar, mas o humor nem sempre pode viver de críticas políticas, o pastelão (que hoje quase ninguém gosta) já foi um jeito de fazer pessoas rirem sem criticar ninguém, comediantes como o Jim Carrey que não precisa nem falar pra ser engraçado (e temos vários no Brasil que está no mesmo nível), mas variar é legal se todos fossem Jim Carreys o que seria dos Eddie Murphys?    
Quantas coisas eu não gostei de ouvir em stand ups, mas ri mesmo assim, porque eu sei que os que eles falam é pra isso.
O humor pode ser um remédio ou um veneno só depende da dose, ou seja, se exagerar faz mal.
Então é isso aí galera, espero que continuem lendo o blog, até a próxima!

                                                                 By: @YorhanAraujo


Nenhum comentário:

Postar um comentário