quinta-feira, 16 de dezembro de 2010

Férias: O fim ou o começo de tudo?


Nervosísmo, medo, dúvidas, o tempo está acabando, quando tudo parece perdido as soluções vem a minha cabeça, mas então... o sinal bate e é o fim! Como se estivesse ao ponto de desarmar uma bomba, o tempo de fazer as provas e recuperações acaba e por mais que nos esforçamos, não podemos deixar de pensar que podíamos ter feito mais, quantos iguais à mim no começo do ano juraram estudar e não curtir com a galera? Pois é, vocês não são os únicos, mas quem nasceu pra ser Felipe Neto nunca vai chegar à ser Bill Gates. É vamos culpar os professores falar que eles nos reprovaram, chorar por meio ponto e coisas do tipo, a emoção do final se mistura com a incerteza do futuro, os amigos de quatro, três, dois anos vão partir em jornadas pessoais e sentiremos falta de tudo que fizemos ou deixamos de fazer ( é, quem nunca pensou que podia ter chegado em alguém que não chegou?) , vamos querer estar juntos nos reunir sempre, ir pra mesma faculdade, pra mesma escola técnica e cair na mesma turma, vamos chorar e depois vamos perceber que no final tudo foi esquecido? Não! Quem tem que ficar do nosso lado vai ficar, e é claro que depende de nós lutar pela companhia de quem realmente vale a pena, tenho como experiência que muitas pessoas já fizeram essa cena e nem sei mais onde estão, mas de dois anos pra cá tudo mudou, com os amigos que fiz, eles são sem dúvidas minha segunda família. Férias é o fim de um ano, é o tempo que temos pra sentir falta daquelas pessoas que não aguentamos mais ver, que queremos sentir saudades pra renovar os laços, o fim de coisas que sofremos durante o ano e que no final parece mais suportável do que foi na época, talvez por termos amadurecido e as pessoas que nos fizeram sofrer ou que não gostamos da até vontade de fazer as pazes e ver que nada do que foi feito, dito ou planejado valeu a pena, também férias é o começo de um novo ciclo, o das novas amizades, dos novos cursos, dos sonhos que vão começar a se realizar e de crescer mais e mais, não vamos ver tudo pelo lado negativo, tudo tem um lado positivo e outro negativo, então depende de nós qual lado vamos sobrecarregar ano que vem para o tempo fechar ou abrir sobre nós.

Nenhum comentário:

Postar um comentário