domingo, 22 de janeiro de 2012

PROTESTOS VIRTUAIS: Não resolvem nada? Reclamar também não!

As pessoas andam falando de mais em censura e blá blá blá, é "SOPA", é "PIPA", fechamento do Megaupload (como se fosse obrigatório deixar a pirataria rolar sem fazerem nada), eu sou à favor, embora ache que vetando todo tipo de download não vai aumentar o número de pessoas pagando por downloads, pra mim continuará a mesma coisa, eu sou contra, se essas leis interferirem nas informações que chegam à nós, informação tem que ser livre e isso fecharem sites de informações nunca vou aceitar!
Mas não é bem sobre isso que quero falar e sim sobre protestos virtuais e a censura que todo mundo faz constantemente uns sobre os outros em redes sociais sem ao menos fazerem algo também, querem dar uma de revolucionários e que fazem acontecer na vida real, sem nunca terem feito nada, enchem a boca pra falar que protestos virtuais como curtir e compartilhar imagens no Facebook não funcionam (o que é mentira, pelo que já pesquisei) , que tem que sair às ruas pra que algo se resolva, pera aí! Se antigamente na época da ditatura existisse internet, duvido que os protestos seriam tão externos assim, eles iam para as ruas, pois, nelas existiam câmeras pra filmar seu protestos e chegar à mais pessoas no Brasil ou no mundo, não falo que protestos externos tem seu valor, claro que tem, mas hoje em dia não é a única maneira. Com a internet isso não é mais tão necessário, novos tempos mercem novas medidas, hoje em dia as pessoas trabalham, estudam e fazem muitas coisas, agora legal quem tem tempo de fazer protestos nas ruas o tempo todo, mas a maioria são desocupados, protestos virtuais funcionam sim e se você acha que não, saiba que ficar reclamando das pessoas que fazem isso também é um tipo de protesto, vão sair nas ruas pra falarem para as pessoas pararem com esses compartilhamentos de imagens ou vão protestar pelas redes sociais também "revolucionários"?
Então é isso aí galera, antes de reclamar se perguntem se não andam fazendo o mesmo, até a próxima!

                                      Me sigam: @YorhanAraujo

Nenhum comentário:

Postar um comentário